gg1

 

Bioplastia - uma cirurgia plástica sem cortes

220317

A bioplastia é um tipo de cirurgia plástica usada para repor a perda de volume que ocorre naturalmente com o envelhecimento. Neste tipo de cirurgia não se recorre ao bisturi e, por isso não são feitos cortes, nem há cicatrizes.
Esta técnica médica de preenchimento cutâneo, pode ser feita em qualquer região do corpo, como face, lábios, queixo ou bumbum, por exemplo e, consiste na aplicação de uma substância chamada polimetilmetacrilato, que é implantada na região permitindo um preenchimento dos tecidos, retocando rugas, pequenos sulcos e imperfeições na pele.

Esta cirurgia é simples, não deixa hematomas e quase nenhum inchaço e, é rápida pois dura cerca de uma hora, porém é definitiva e irreversível e, em muitos casos não é necessário internamento.
Como é feita a cirurgia
A cirurgia geralmente é realizada com anestesia local, sendo introduzido o produto para o preenchimento com um pequeno tubinho, sendo que a quantidade de produto varia de acordo com o desejo. O produto implantado ajuda na sustentação definitiva da pele e dos músculos mas também pode ser usada para correção de defeitos estéticos, como a forma do nariz, ou para realçar a beleza do corpo.
Quando fazer a bioplastia?
A bioplastia está indicada para preencher sulcos e cicatrizes após cirurgias ou na fase de envelhecimento, principalmente a partir dos 45 anos de idade.
Além disso em casos aparentemente sem solução como em pessoas com a Síndrome de Romberg, caracterizada pela ausência de tecidos e atrofia da face, e para aqueles insatisfeitos com o próprio perfil.
Qual o material usado?
A biplastia é normalmente realizada com polimetilmetacrilato, conhecido por PMMA, que é um material aprovado pela Anvisa, que é compatível com o organismo humano.

 


Fonte:tuasaude